FANDOM


Incidente de Big Shell

Dois anos depois do naufrágio do petroleiro USS Discovery, Solid Snake foi dado como morto e considerado responsável. Snake (que depois é chamado de Raiden), um novo recruta da FOXHOUND, é enviado para o complexo de descontaminação marítima conhecido como Big Shell. O local foi construído logo depois do naufrágio que derramou milhares de litros de óleo na baía de Nova York. O episódio ficou conhecido como Incidente de Big Shell ou Incidente de Manhattan.

Big Shell

Em abril de 2009, um grupo terrorista que se identifica como Filhos da Liberdade toma o controle de Big Shell durante uma inspeção de rotina. O grupo terrorista é formado pela unidade especial Dead Cell e por soldados russos e aparentemente é liderado por Solid Snake. Os terroristas fizeram mais de 30 reféns, entre eles o presidente dos Estados Unidos, James Johnson, que estava no local durante a inspeção de rotina. Os Filhos da Liberdade exigem 30 bilhões de dólares e ameaçam explodir Big Shell se não forem atendidos. Isso não apenas liberaria todo o óleo recolhido de volta à baía de Nova York como queimaria todo o cloreto usado na descontaminação, criando nível altos de dióxidos que exterminariam todo o ecossistema, criando o maior desastre ambiental da história.

Inicialmente chamado de Snake, Raiden recebe ordens de resgatar o presidente americano e os outros reféns dos Filhos da Liberdade. Raiden se infiltra em Big Shell pelo mar, enquanto a Equipe 10 dos Fuzileiros Navais entra pelo ar. A Equipe 10 é dividida em dois grupos: Time Alfa pousa na Estrutura B com ordens de resgatar o presidente. Já o Time Bravo pousa na Estrutura C para ajudar o especialista Peter Stillman a desarmar os explosivos que podem ter sido plantados no complexo.

Quando Raiden inicia sua infiltração aquática pelo Rio Hudson, ele descobre um buraco recente na cerca de Big Shell. Chegando com sucesso ao cais da Estrutura A, ele avisa ao Coronel Roy Campbell, seu comandante na missão, de que um outro invasor pode ter entrado em Big Shell. O Coronel é pego de surpresa, já que Raiden é o único agente enviado por essa rota de infiltração. De qualquer forma, o Coronel diz para prosseguir com cautela e explica as funcionalidades básicas do Traje Skull que Raiden está usando. Raiden se prepara para deixar a área quando ouve barulho de briga atrás de uma porta. Ao abrir a porta, Raiden vê um guarda levantando depois de ter sido nocauteado. Seguindo o guarda até a próxima sala, Raiden vê um soldado sendo arremessado de um elevador e caindo inconsciente. Ao se aproximar, ele vê que é o mesmo guarda da sala anterior. Durante a ação, ele consegue ver apenas um vulto da pessoa responsável subindo o elevador, o que confirma que realmente há outro intruso em Big Shell.

O Coronel guia Raiden até um computador que permite o acesso à rede interna de Big Shell. O Coronel então revela que escolheu a pessoa “perfeita” para ser a analista de sistemas da missão: Rosemary, a namorada de Raiden. Apesar de inicialmente não gostar da ideia, Raiden acaba concordando com a participação de Rosemary, com a condição de que ela não participe de nenhuma outra forma que não seja como analista. Rose então informa ao Coronel que não vai seguir nenhuma ordem que não esteja diretamente ligada às suas tarefas. Raiden então acessa o computador, suas nanomáquinas passam pelo sistema de segurança e assim ele consegue o mapa estrutural de Big Shell e ativa o Radar Soliton. Com os guardas retomando a consciência, Raiden se apressa para se esconder e chegar ao elevador sem ser notado. Chegando ao topo da estrutura, Raiden remove o restante de seu equipamento de mergulho.

Vamp
Raiden segue com extremo cuidado para evitar os guardas na primeira estrutura. O Coronel informa que o presidente deve estar na Estrutura B, assim como o Time Alfa dos Fuzileiros Navais. Quando chega à ponte de conexão entre as estruturas A e B, Raiden recebe do Coronel uma transmissão que foi interceptada do líder do Time Alfa: aparentemente, o Time Alfa encontrou o presidente, mas antes que pudessem resgatá-lo, uma entidade misteriosa atacou o grupo, interrompendo a transmissão.

Ao entrar na sala do transformador na Estrutura B, Raiden encontra os vários corpos do Time Alfa e nenhum sinal do presidente. O responsável é Vamp, um misterioso vampiro membro da Dead Cell que emboscou e matou todo o time. Vamp só não mata Raiden porque o único sobrevivente do Time Alfa, Iroquois Pliskin, surge para ajudar. Pliskin explica as origens de Vamp e da Dead Cell e entrega uma pistola SOCOM para Raiden. Ele também identifica Raiden como um membro da FOXHOUND, apesar da unidade ter sido desativada há quatro anos. Depois disso, Raiden segue sozinho em sua missão.

Fortune

Quando Raiden chega à ponte de conexão B-C, ele encontra o Time Bravo, que acaba de cercar Fortune, a líder da Dead Cell, que está com o presidente sob custódia. Disparando suas armas, o Time Bravo não consegue atingi-la, pois a balas parecem desviar e as granadas falham na hora de explodir. A mulher parece ter uma sorte sobrenatural. Observando que a situação não tem solução e tendo ordens de permanecer sem ser visto, Raiden decide não interferir. Fortune mata todos os membros do Time Bravo com sua arma rail gun portátil, destrói a ponte que leva ao núcleo do Shell 1 e, ao lado de Vamp, vai embora levando o presidente e uma maleta.

Pelo rádio, o Coronel informa que os helicópteros dos Fuzileiros foram abatidos por um caça, mas que a missão dos militares era apenas causar uma distração para que Raiden se infiltrasse com sucesso. O Coronel também informa que recebeu informações de que explosivos C4 foram espalhados pelo complexo Big Shell. Com o novo objetivo de ajudar a desarmar esses explosivos, Raiden se encontra com o especialista em bombas Peter Stillman e novamente com o Tenente Pliskin na Estrutura C. Stillman explica que Fatman, um dos membros da Dead Cell, foi um de seus estudantes (na verdade o melhor de todos). Ele também informa que um engenheiro, o criador dos sistemas de defesa de Big Shell, entrou no complexo junto com ele, com o objetivo de ajudar os Fuzileiros a passar pelas medidas de segurança. Depois de concordarem que é melhor que Stillman fique escondido onde está, Raiden e Pliskin seguem para desarmar as bombas instaladas em Big Shell por Fatman.

Porém, quando todas as bombas são desarmadas, Raiden recebe más notícias de Stillman. Aparentemente, as bombas menores (instaladas em locais que não causariam estragos verdadeiros) eram apenas uma distração para as verdadeiras bombas, que estão nas Estruturas A e H. As duas bombas são grandes o suficiente para destruir todo o complexo Big Shell. Para piorar, as duas bombas foram programas para se ativarem quando as bombas menores fossem desligadas. Mesmo com Raiden conseguindo desarmar a bomba na Estrutura A, a outra bomba explode e mata Stillman. Pliskin consegue sobreviver.

Quando Raiden se prepara para deixar a Estrutura A, ele é confrontado por Fortune, que se mostra surpresa e diz que esperava encontrar outra pessoa. De qualquer forma, ela afirma que Raiden pode ser o escolhido para lhe trazer a morte. Fortune ataca e destrói a área do combate com sua rail gun. Raiden, sem conseguir acertá-la, pode apenas fugir dos ataques. Campbell entra em contato e informa que Fatman exige a presença de Raiden no heliponto da Estrutura E, caso contrário vai explodir outra bomba no local. Logo depois, Vamp surge no local e avisa Fortune de uma possível traição de Fatman. Raiden, aproveitando a distração, atira em Fortune, mas as balas desviam e acertam Vamp na testa e no peito. Enquanto Fortune segura Vamp em seus braços e lamenta não poder segui-lo na morte, Raiden escapa. Logo depois, Vamp se levanta sem nenhuma sequela dos ferimentos que deveriam ser fatais.

Contagem Regressiva para o Desastre

Com a contagem regressiva da bomba ativada, Raiden segue para o heliponto e neutraliza o explosivo. Ele então é confrontado pelo próprio Fatman, que revela não ter interesse nenhum nos objetivos da Dead Cell ou dos Filhos da Liberdade. Fatman estranhamente mostra desconhecimento da exigência dos 30 bilhões de dólares. Seu único desejo é superar seu antigo mestre Peter Stillman e se tornar conhecido como o maior especialista em bombas da história ao destruir Big Shell. Desafiando Raiden a impedi-lo, Fatman passa a instalar vário explosivo na área. Raiden precisa desativar as bombas ao mesmo tempo em que luta com Fatman. Eventualmente vencendo o duelo, Raiden ouve de Fatman que ainda precisa desativar a maior bomba de todas. Depois que Fatman morre, Raiden encontra a bomba debaixo do corpo.

Com o fim da ameaça das bombas, o Coronel informa que os reféns, inclusive o presidente, seguem em perigo. Logo depois, Pliskin diz que a única forma de resgatar os reféns é através de um helicóptero. Quando Raiden vai deixar o heliponto, ele é confrontado por um Cyborg Ninja: um soldado em um exoesqueleto e com uma espada. O Ninja conta que um agente do Serviço Secreto chamado Richard Ames sabe onde está o presidente, mas está preso com outros reféns no núcleo do Shell 1. O misterioso informante entrega a Raiden um uniforme inimigo para que ele possa se disfarçar e entrar na área. Porém, o Ninja também informa Raiden de três obstáculos para entrar no núcleo do Shell 1: o primeiro é o elevador que possui uma câmera de vigilância ativada pelo peso. O segundo é o fato de Ames só poder ser reconhecido pelo batimento cardíaco diferente, já que possui um marca-passo. O terceiro é a porta que leva ao local onde estão os reféns e possui um sistema de identificação biométrica.

O Ninja também diz que os terroristas possuem uma arma nuclear, que pode ser ativada através de uma maleta. O Ninja conta que a arma não foi trazida pelos terroristas, mas já estava no complexo, pois Big Shell não serve apenas para descontaminação ambiental. A verdade é que Big Shell é a casa de um novo Metal Gear. O Ninja então desaparece, mas deixa um celular com Raiden para novos contatos.

O Metal Gear Já Está Ativo!

Assim que Raiden encontra Ames no núcleo do Shell 1, o agente diz que os dois trabalham para as mesmas pessoas. Ames diz que o presidente está no núcleo do Shell 2, conta que o acidente com o petroleiro e o vazamento de óleo dois anos antes foi planejado e que Big Shell foi construído para desenvolver um novo Metal Gear. Ames explica que o presidente deve estar ajudando os terroristas por vontade própria, já que seus sinais vitais funcionam como um código para ativar a arma nuclear e também o novo Metal Gear. Raiden e Ames interrompem a conversa quando Revolver Ocelot e alguém que parece ser Solid Snake aparecem. Raiden usa um microfone direcional para ouvir a conversa deles e descobre que o plano é restabelecer Outer Heaven. Quando Raiden pergunta dos 30 bilhões de dólares, Ames diz que não há exigência e nem ameaça. De acordo com Ames, a intenção dos terroristas é detonar a arma nuclear muito acima de Nova York, usando o pulso eletromagnético para “libertar” a cidade. Revolver Ocelot conversa com Ames, revela que o agente foi enviado apenas para ficar de olho no presidente para evitar uma traição à “eles”. Antes que Ames possa dizer algo, ele sofre um ataque cardíaco fulminante.

Antes que Raiden seja capturado pelas forças de Ocelot, o Cyborg Ninja surge e o ajuda a fugir. Raiden então segue para a localização do Presidente Johnson, mas no caminho é confrontado pelo líder dos terroristas, que diz ser Solid Snake. Enraivecido com isso, Pliskin revela que ele é o verdadeiro Solid Snake e atira no impostor de um helicóptero. Usando um exoesqueleto super avançado, o líder terrorista escapa dos ataques de Snake e sobe em um caça pilotado por Vamp. Snake pede para Raiden atirar no caça e lhe entrega um lançador de mísseis Stinger. Raiden acerta o tiro, o caça começa a cair, mas é salvo pelo Metal Gear RAY, o mesmo roubado dos Fuzileiros há dois anos. O RAY atira mísseis que danificam partes de Big Shell e atinge o helicóptero de Snake, forçando a aeronave a pousar. O RAY então some no oceano, levando o caça com ele.

Depois de se recuperar do ataque de RAY, Solid Snake entra em contato com Raiden e explica a situação, além de apresentar Otacon, que pilotava o helicóptero. Foi Otacon que resgatou Snake do naufrágio há dois anos. Snake então forjou sua morte usando o corpo de Liquid Snake como substituto. Eles revelam que estão em Big Shell para evitar que os terroristas usem o novo Metal Gear, continuando o trabalho que fazem com a ONG Philantropy. Também é explicado que Otacon tem outro motivo para estar no local: resgatar sua irmã, Emma Emmerich.

Convencido de que a arma nuclear já foi acionada depois da aparição do Metal Gear RAY, Raiden segue para encontrar o Presidente Johnson no núcleo do Shell 2. Os danos à ponte de conexão entre Shell 1 e 2 obrigam Raiden a se pendurar em um cabo até o outro lado, assim como evitar os soldados de Gurlukovich que surgem para averiguar o local. Ao entrar no núcleo do Shell 2, Raiden ouve uma conversa entre Olga Gurlukovich e o líder dos terroristas. Olga diz que tem assuntos não resolvidos com Solid Snake e que depois que tudo acabar, ela e seus homens vão embora para a Rússia cuidar de suas vidas. Olga então aciona um piso eletrificado e segue para a sala onde está o Presidente Johnson e evitar que ele escape. Sem conseguir chegar ao presidente, Raiden vai aos andares inundados do Shell 2 para encontrar um míssil por controle remoto Nikita. Com a arma, Raiden destrói o painel de controle do piso eletrificado.

A Verdade Revelada

Raiden segue para a sala onde está o Presidente Johnson, que o confunde com uma assassina e depois explica sobre os Patriotas, uma misteriosa organização que secretamente comanda a América, inclusive decidindo quem será o presidente. Ninguém sabe quem faz parte dos Patriotas, mas Johnson conta que todas as decisões são tomadas por um grupo de 12 homens conhecido como o Comitê dos Homens Sábios. Ele também explica que o líder dos terroristas é na verdade o seu predecessor, o 43º presidente dos Estados Unidos, George Sears. Conhecido pelo codinome Solidus Snake, ele é um clone do lendário soldado Big Boss, fruto do projeto Les Enfants Terribles. Foi Solidus que orquestrou o Incidente de Shadow Moses há quatro anos, mas depois disso ele foi retirado da presidência pelos Patriotas. Solidus desejava desafiar os Patriotas, ao contrário de Johnson, que apenas gostaria de se tornar um deles. Johnson confirma também que Big Shell é apenas uma cobertura para a construção do Arsenal Gear, uma gigantesca fortaleza móvel com a capacidade de produzir em massa uma versão não tripulada do Metal Gear RAY, além da possibilidade de disparar ataques nucleares em qualquer alvo no mundo. O Arsenal Gear também tem acesso ao Sistema Tático Militar, possibilitando o controle total das forças armadas americanas e de todo o arsenal nuclear do país. Porém, o verdadeiro propósito da construção do Arsenal Gear é filtrar toda informação da internet e de outras formas de comunicação digital através de uma inteligência artificial chamada de GW. Com isso, os Patriotas pretendem moldar a história do jeito que desejarem, enquanto mantêm o segredo de sua própria existência.

O último pedido de Johnson é para Raiden localizar Emma Emmerich, a principal programadora de GW, e entregar a ela um vírus de computador que vai apagar a inteligência artificial. Ao dizer tudo que queria, Johnson agarra a arma de Raiden e pede que atire logo, pois acredita que ele está ali para matá-lo. Antes que Raiden possa fazer alguma coisa, Revolver Ocelot aparece e atira no presidente. Pouco depois, Snake diz a Raiden que sabia da existência do Arsenal Gear e que Big Shell era apenas uma distração, o que significa que não existe a ameaça da liberação do dióxido. Snake também fala do Incidente do Petroleiro, explicando que tudo foi armado pelos Patriotas para lançar uma campanha difamatória contra ele, e explica que o projeto do RAY, conduzido pelos Fuzileiros Navais, era rival do projeto do Arsenal Gear, conduzido pela Marinha (e pelos Patriotas).

Raiden segue para encontrar Emma. No caminho, ele enfrenta e derrota Vamp, mas não compreende como ele ainda pode estar vivo. Antes de ser derrotado, Vamp revela que mesmo não podendo mais lançar um ataque nuclear, ainda é possível usar a bomba de hidrogênio do Arsenal Gear para criar o impulso eletromagnético necessário para deixar Nova York offline. Ele também conta que, ao contrário do que foi dito na mídia, a Dead Cell foi responsabilizada por atos terroristas há seis meses por conta dos Patriotas.

Raiden então resgata Emma, não sem antes ter que provar que não está ao lado dos terroristas. Ela conta o que sabe sobre os Patriotas e revela que desenvolveu GW através de um programa que supostamente combateria o Bug do Milênio. Mas GW ainda não está pronto para ser ativado, pois ainda necessita de dados que auxiliem na capacidade de julgamento de situações. Emma também menciona que um grande exercício está marcado para acontecer em breve e que servirá para prover dados complexos que serão adicionados à GW.
Tiroteio no Crepúsculo

A dupla segue para o Núcleo do Shell 1. Mas devido ao ataque do RAY, a ponte de conexão foi destruída e eles precisam atravessar pelos dutos de óleo. Emma lentamente faz a travessia, com Snake e Raiden na cobertura com rifles de precisão. Quando Emma está quase do outro lado, Vamp surge novamente e a faz de refém com uma faca. Raiden rapidamente atira e “mata” Vamp mais uma vez, mas antes de cair no oceano ele consegue esfaquear Emma. Snake corre até ela, atirando nos drones que estavam no caminho. Snake a leva para o Núcleo do Shell 1. Quando Raiden chega lá, eles iniciam a instalação do vírus que Emma criou para destruir GW.

Emma e Otacon aproveitam um último momento juntos antes de ela morrer por conta do ferimento. Snake descobre que o vírus não pôde ser instalado corretamente e que a única saída é inserir o programa direto no Arsenal Gear, o que significa que Solidus e seus homens precisarão ser retirados do caminho. Com o coração partido, Otacon decide que vai ser melhor se ele ajudar a resgatar os demais reféns, já que apenas os atrapalharia. Snake lembra que Otacon é a última esperança dos reféns antes do cientista sair da sala. 

Arsenal Gear

Depois que Otacon sai, Snake comenta com Raiden que eles precisarão de ajuda para entrar no Arsenal Gear. Nesse momento, o Cyborg Ninja aparece novamente e revela ser Olga Gurlukovich. Raiden é nocauteado por Olga e Snake comenta que nem deu tempo de dizer que eles estavam do mesmo lado.

Quando Raiden acorda, ele está completamente nu e preso a uma cama de tortura. Solidus e Ocelot conversam com ele. Solidus lembra que foi quem ensinou tudo que Raiden sabe depois que ele perdeu os pais durante a Guerra Civil da Libéria. Raiden era a estrela da Unidade dos Jovens Meninos comandada por Solidus e ganhou apelidos como “Jack o Estripador” e “Demônio Branco”. Solidus agora usa um tapa-olho no olho esquerdo (que foi ferido quando Raiden derrubou o caça) e Ocelot comenta que ele está idêntico à Big Boss.

Depois que Ocelot sai, Olga entra na sala e conta sobre o filho que ela nunca conheceu, pois a criança foi levada pelos Patriotas. Olga diz que se Raiden falhar na missão, seu filho será morto. Para não deixar que isso aconteça, Olga foi enviada pelos Patriotas para ajudar Raiden. Ela diz que Snake está aguardando ao lado e então sai da sala.

Raiden recebe um chamado de Rose, que quer saber se o que Solidus disse era verdade. Raiden admite que sim, ele foi um soldado criança treinado para ser uma máquina de matar. Depois de atravessar um hangar lotado com unidades de Metal Gear RAY, Raiden mais uma vez recebe uma chamada de Rose, que dessa vez revela ser uma espiã a serviço dos Patriotas. Ela se tornou namorada de Raiden apenas para manter vigilância sobre ele, mas acabou se apaixonando de verdade. A transmissão dela é cortada e as últimas palavras são: “Jack, eu estou grávida. Jack, é o seu filho”.

Depois de ser libertado por Olga, um angustiado Raiden corre para encontrar Snake. Ao pedir desculpa pela sua “traição” anterior, Snake diz que aquilo foi necessário para entrar no Arsenal Gear. Os dois avançam e enfrentam o esquadrão de elite Arsenal Tengu, responsável pela segurança do Arsenal Gear. No caminho, Ocelot descobre que o Coronel Campbell que vem ajudando Raiden até aqui não é o verdadeiro Roy Campbell. Trata-se de uma inteligência artificial criada por GW e moldada através das expectativas e esperanças de Raiden. Nesse momento, Fortune surge e busca vingança por acreditar que Snake matou seu pai, Scott Dolph. Enquanto Snake e Fortune se preparam para lutar, Raiden segue em frente sozinho. Escondido nas sombras da base, Solidus conta para Raiden sobre o Plano S3, a Simulação Solid Snake. Um programa criado para desenvolver um soldado perfeito através de um treinamento virtual que simula as condições das missões que Solid Snake enfrentou. O próprio Raiden é uma cobaia desse programa. Raiden então enfrenta uma horda de Metal Gear RAY e consegue destruir vários com um lançador de mísseis. Mas ele acaba sucumbindo ao cansaço e cai de joelhos no chão. Solidus sai do esconderijo e se prepara para matar Raiden quando Olga aparece para lutar. Ela entrega sua vida para salvar Raiden e consequentemente o seu próprio filho. Solidus ordena que os RAYs restantes matem Raiden, mas o vírus de Emma começa a fazer efeito. Enfurecido, Solidus destrói os RAYs e amaldiçoa os Patriotas. Fortune surge com Snake algemado e Raiden desmaia.
”O Mundo Precisa de Apenas um Big Boss”

Quando acorda, já no dia seguinte, 30 de abril, Raiden se encontra no topo do Arsenal Gear, junto com Solidus Snake, Revolver Ocelot, Fortune e um Solid Snake ainda algemado. Solidus revela seu verdadeiro objetivo: encontrar informações no GW sobre as identidades dos Patriotas. Solidus planeja encontrar e destruir cada um dos membros, com Fortune e os Filhos da Liberdade servindo apenas como distração com sua ameaça ao Arsenal Gear (mas eles realmente queriam usar a bomba de hidrogênio para causar um black out em Manhattan).

Ocelot, que parece se divertir com esse plano, conta que tudo que está acontecendo foi na verdade planejado pelos Patriotas desde o início. As similaridades do Incidente de Shadow Moses com o Incidente de Big Shell não são apenas coincidências. A unidade especial renegada Dead Cell, a relação de Raiden com o líder dos terroristas, o vírus de computador que se assemelha ao FOXDIE, todos são elementos criados para transformar Raiden no soldado perfeito. Assim como fizeram com o Presidente Johnson, os Patriotas usaram as ambições de Solidus para alcançar seus próprios objetivos. Porém, a única coisa com a qual eles não contavam era a aparição do verdadeiro Solid Snake. É por isso que o Coronel sempre dizia a Raiden que Snake não era parte da missão e não merecia confiança. Ocelot então atira em Fortune, revela que a tal sorte sobrenatural era apenas resultado da tecnologia dos Patriotas e sobe a bordo do Metal Gear RAY. Mas quando Ocelot dispara as armas do RAY, mesmo quase morta, Fortune consegue desviar os mísseis e proteger Raiden, Snake e Solidus.

Ocelot se prepara para mais um ataque, mas seu braço subitamente começa a ter espasmos e ele é novamente possuído pelo “espírito” de Liquid Snake. No cockpit de RAY, Liquid revela que foi ele quem vazou as informações do Arsenal Gear para atrair Solid Snake até Big Shell. Com o conhecimento de Ocelot sobre os Patriotas, ele planeja destruir todos eles. Depois de direcionar o Arsenal Gear em um rota de colisão com Manhattan, Liquid foge no RAY. Snake, agora livre das algemas, pula no oceano atrás de Liquid.

Arsenal Está Pronto Para Partir!

O Arsenal Gear segue sua rota, invade Nova York, destrói boa parte da Zona Oeste de Manhattan e para em frente ao prédio do Federal Hall. Depois de caírem do topo do Arsenal Gear para o telhado do Federal Hall, Solidus explica suas motivações a Raiden: incapaz de passar adiante seu próprio legado genético, ele quer ser entrar para a história como o homem que destruiu os Patriotas, restaurando a liberdade, os direitos civis individuais e as oportunidades que foram tiradas das pessoas.

Raiden recebe uma chamada dos Patriotas na forma de uma nova inteligência artificial que se passa pelo Coronel e por Rose. A IA explica os objetivos dos Patriotas para Raiden, informando que eles agora só existem em um plano digital. O surgimento da era digital trouxe uma avalanche de informações desnecessárias que existirão para sempre, o que supostamente pode atrasar o desenvolvimento da sociedade. Ao invés de Simulação Solid Snake, o Plano S3 se refere à Seleção para Sanidade Social. Todo o incidente de Big Shell foi criado para testar a capacidade de gerenciamento de crise do S3, sendo esse o exercício teste citado por Emma anteriormente. As informações do caso passadas adiante pelas gerações serão decididas pelos Patriotas, que acreditam estar em condições melhores para tomar essas medidas que os humanos. Os Patriotas acreditam que a tendência humana de preferir o politicamente correto ao invés de uma verdade desagradável é nociva à sociedade, já que cria quantidades de informação lixo que enterram o que realmente importa.

A inteligência artificial ordena que Raiden mate Solidus, o que ele percebe que terá que fazer para garantir a sobrevivência de Rosemary e do filho de Olga. Solidus diz que terá que matar Raiden para rastrear a localização dos Patriotas pelas nanomáquinas em seu cérebro. Para provocar a luta, Solidus revela que foi ele quem matou os pais de Raiden. Depois de um feroz duelo de espadas, Raiden consegue vencer Solidus. Já muito ferido, Solidus cai do teto do Federal Hall e rasteja até a estátua de George Washington. Ele estica os braços em direção à estátua antes de finalmente cair morto.
Quem Sou Eu Realmente?

Com Raiden ainda em frente ao Federal Hall, Snake surge e informa que ele e Otacon vão atrás dos Patriotas. O disco com o vírus estava programado para apagar os nomes dos líderes dos Patriotas, o que significa que pode conter as informações necessárias para localizar os alvos. Raiden insiste em se juntar a eles, mas Snake diz que tem muita gente que ele precisa encontrar. Apesar de a missão ter sido uma simulação, Snake conforta Raiden ao dizer que tudo que ele sentiu foi real e pertence somente a ele. Agora depende de Raiden escolher seu destino, o que fazer no futuro e qual será o seu propósito. Depois que Snake parte, Raiden se reencontra com Rose e os dois prometem construir uma vida juntos.

Pouco tempo depois, Otacon e Snake conseguem rastrear os Patriotas, mas descobrem que os doze homens já estão mortos há mais de cem anos. Snake acredita que a informação obtida do Arsenal Gear era falsa, sendo apenas uma pista plantada pelos Patriotas. Com a Philantropy perdendo sua única pista, o futuro dos Patriotas se torna incerto.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória