FANDOM


Nós não temos nação, nem filosofia, nem ideologia. Nós vamos aonde somos necessários, lutando por nenhuma nação, por nenhum governo, mas por nós mesmos. Nós não precisamos de motivos para lutar. Nós lutamos porque somos necessários. Nós seremos a garantia para aqueles que não possuem outro recurso. Nós somos soldados sem fronteiras, nosso propósito é definido pela era em que vivemos”. - Big Boss

Big Boss, cujo nome verdadeiro é John, também chamado de Jack, antigamente conhecido como Naked Snake, Vic Boss, Ishmael, ou simplesmente Snake, foi um renomado agente especial e comandante mercenário. Ele fundou a FOXHOUND, uma Unidade de Forças Especiais do Exército Americano, assim como a companhia de mercenários Militaires Sans Frontières, e foi um dos membros fundadores dos Patriotas. Big Boss estabeleceu os estados militarizados de Outer Heaven e Zanzibar Land como base para suas companhias, com o objetivo de realizar suas ambições de criar uma nação para soldados. Considerado por muitos como “O Maior Guerreiro do Século XX”, ele ganhou fama como “O Soldado Lendário” e “O Mercenário Lendário” e foi respeitado em combate como aliado e inimigo, considerado um herói e um louco.

Durante a Guerra Fria, Big Boss foi aprendiz de The Boss, a chamada “Mãe das Forças Especiais”, e depois serviu como agente secreto para a FOX, uma unidade da CIA, sob o comando do Major Zero.

Tendo seu código genético usado como parte do projeto governamental Les Enfants Terribles, Big Boss é o pai genético de Solid Snake (seu subordinado e depois inimigo), Liquid Snake e Solidus Snake. Ele também foi o modelo mental e físico para Venom Snake, seu dublê de corpo e subordinado, com quem dividiu o título de “Big Boss”.

Biografia

Primeiros anos
Nascido por volta de 1935, a carreira militar de Jack se inicia quando se torna discípulo de The Boss em junho de 1950 e luta na Guerra da Coréia. Em 1954, Jack se envolve no teste da primeira bomba de hidrogênio transportada pelo ar no Atol do Biquíni. Ao contrário da maioria dos companheiros presentes no teste, Jack não desenvolve sintomas de leucemia, câncer na tireóide ou envenenamento radioativo, mas se torna infértil.

Durante o período em que Jack foi aprendiz de The Boss, ele foi treinado extensivamente em combate, armamentos, sobrevivência, espionagem, explosivos, psicologia e línguas estrangeiras (como o russo), mais tarde ajudando a desenvolver a técnica CQC. Eles se separam em 12 de junho de 1959.

Em 1961, Jack trabalha ao lado do agente Python em operações secretas na Guerra do Vietnã, ainda antes da participação oficial dos Estados Unidos. Ele mais tarde diria que Python foi um dos poucos soldados em que podia confiar totalmente em batalha. Os dois também eram parceiros de poker, o que fez com que Python ficasse devendo dinheiro a Snake. Os dois se envolveram em uma missão que acabou com Python baleado e dado como morto.

Até agosto de 1964, Jack passa a servir com os Boinas Verdes por alguns anos. No final de 1964 ele já possuía experiência como atirador de elite em ambientes urbanos e marinhos e já havia se alimentado de carne de cobra durante exercícios de sobrevivência, o que se provaria útil em missões futuras. Nesse ponto, Jack já havia sido condecorado com diversas honrarias, incluindo a Medalha de Realizações do Exército, a Medalha de Boa Conduta, a Medalha de Serviços Notáveis, a Medalha de Serviço na Coréia, a Medalha de Serviço no Vietnã e a Cruz de Serviços Notáveis, além de várias outras.

Operação Snake Eater

Em 24 de agosto de 1964, Jack participa da Missão Virtuose como um membro da FOX, uma unidade da CIA, com o objetivo de resgatar o cientista soviético desertor Nikolai Stepanovich Sokolov. Operando sob o codinome Naked Snake, ele se infiltra na região soviética de Tselinoyarsk depois de empregar o primeiro salto HALO (Alta Altitude Baixa Abertura) do mundo. Passando pelas tropas da KGB na região, Snake tem sucesso em fazer contato com Sokolov e o conduzir a um local seguro, depois de uma breve batalha com o Major Ocelot, da GRU, uma agência de inteligência russa. Porém, a missão termina em fracasso com a surpresa da deserção de The Boss e Snake é ferido em confronto com ela. Sokolov é levado pela Unidade Cobra, comandada por The Boss, e entregue como um presente a Yevgeny Borisovitch Volgin, um coronel da GRU.

Depois de ser resgatado, Snake é colocado em uma unidade de tratamento intensivo, onde é interrogado por agentes americanos sobre a deserção de The Boss. Uma semana depois, o governo decide perdoar Snake de qualquer envolvimento na deserção com a condição de que ele retorne a Tselinoyarsk, elimine The Boss e recupere Sokolov. A missão é batizada de Operação Snake Eater. Mesmo sem ter se recuperado totalmente de seus ferimentos, Snake é reenviado a Tselinoyarsk no protótipo de um drone D-21. Sem ter conhecimento, ele é seguido secretamente por Skull Face, comandante da XOF, que tem a missão de acompanhar, ajudar e acobertar Snake. Inicialmente marcado para se encontrar com ADAM, um contato na KGB, Snake acaba encontrando EVA, que lhe entrega informações sobre o paradeiro de Sokolov. É durante essa missão que Snake conhece os desenhos iniciais do Metal Gear idealizado por Aleksandr Leonovitch Granin.

Durante a jornada por Tselinoyarsk, Snake enfrenta e derrota os vários membros da Unidade Cobra, incluindo The Pain, The Fear, The End e por fim, The Fury. Ele se disfarça de oficial da GRU para se infiltrar na base de Groznyj Grad, resgatar Sokolov e descobrir como destruir o tanque Shagohod. Porém, a tentativa de resgate falha quando Volgin descobre o disfarce, o que resulta na sua captura. Snake acorda com o som da aparente morte de Sokolov nas mãos de Volgin. Durante a sessão de tortura de Snake, um transmissor cai de seu corpo. Quando as suspeitas recaem sobre EVA, Snake a salva pelo custo de seu próprio olho direito. A confusão resulta em Volgin indo embora com EVA (não sem antes ela explicar como fugir de Groznyj Grad) e com The Boss incentivando Snake a escapar. Ao escapar de Groznyj Grad, Snake segue para um ponto de encontro com EVA e quase se afoga na tentativa de fugir da Unidade Ocelot. A experiência de quase morte resulta no encontro com The Sorrow, falecido membro da Unidade Cobra. Snake se reecontra com EVA, recupera seus equipamentos com ela e passa a usar um tapa olho. De volta a Groznyj Grad, Snake destrói o Shagohod e derrota Volgin.

Snake então cumpre sua principal missão: matar The Boss. A batalha final entre os dois acontece em um campo de flores brancas em Rokovoj Bereg, com Snake lutando com extrema relutância. Pela vitória, ele é condecorado com a Cruz dos Serviços Distintos e recebe o codinome Big Boss do presidente Lyndon B Johnson.

Big Boss acaba fortemente afetado pelos eventos da Operação Snake Eater. Forçado a matar sua mentora, ele descobre que toda a missão (incluindo a suposta deserção de The Boss) foi armada pelo governo para evitar a culpa por um ataque nuclear e para secretamente se apossar do Legado dos Filósofos. Big Boss perde o sentido dos motivos que o levam a lutar e patriotismo pela sua nação. Por conta disso, assim como por se culpar por ter deixado isso acontecer, ele se aposenta da Unidade FOX.

Sem saber, ele acaba considerado um herói também na União Soviética por ter matado o Coronel Volgin.

Pós Snake Eater

A aposentadoria de guerra de Snake tem vida curta, assim como seus planos de se tornar um instrutor ou um guia de caça. Em 1966, Big Boss encontra um órfão de guerra chamado Frank Jaeger durante a Guerra de Independência do Moçambique. Depois de derrotar o menino e cuidar de seus ferimentos, Snake o deixa para ser criado em um orfanato. O orfanato acabaria entregando Jaeger para a CIA, que o usaria no Projeto Soldado Perfeito. Durante esse período, Snake tenta encontrar EVA, mas não consegue pistas sobre ela durante muitos anos.

Incidente de São Jerônimo

Apesar de já ter sido rotulado como Big Boss e ser considerado uma lenda no mundo da espionagem pelas suas conquistas, ele continua a usar o codinome Naked Snake por não se achar merecedor do título de Boss. Em novembro de 1970, a Unidade FOX é considerada rebelde depois que seus membros organizam uma revolta, capturando uma base soviética na América do Sul, na Península de São Jerônimo. Big Boss é capturado pela FOX e levado para a península, onde é preso e interrogado. Da mesma forma, Big Boss é acusado de traição pelo Departamento de Defesa por supostamente encabeçar a rebelião da FOX. O agente que lidera a rebelião conseguiu reunir os membros da FOX especializados em missões de infiltração solo e matou todos os que se opuseram, com Snake sendo o único que se acreditava ser capaz de fazer isso.

Big Boss encontra um companheiro na prisão, o boina verde Roy Campbell. Big Boss consegue fazer contato com Para-Medic, que conta que ele e o Major Zero são acusados de traição pelo Pentágono, que acredita que os dois são os mandantes por trás da revolta. Big Boss e Campbell conseguem fugir e passam a procurar por soldados do Exército Vermelho, assim como agentes FOX desiludidos, para se juntar a eles e lutar contra a revolta. Para-Medic e Sigint também ajudam a derrubar FOX e limpar seus nomes.

Durante este episódio, Big Boss encontra Null (Frank Jaeger) e os dois lutam em várias ocasiões separadas. Ele também encontra novamente Python, que não morreu durante a Guerra do Vietnã, mas foi mantido vivo pela CIA e treinado como um “anti-Snake”. Apesar disso, Big Boss ainda consegue derrotar Python. Big Boss também descobre que a verdadeira missão dada pelo Departamento de Defesa ao agente Cunningham, da FOX, é forçar Gene, o líder da rebelião, a lançar o ataque de um Metal Gear para arruinar a reputação da CIA. Big Boss mata Cunningham e segue para matar Gene, não sem antes descobrir que a morte de The Boss foi planejada desde o começo por um único e habilidoso estrategista.

Com a ajuda dos soldados do Exército Vermelho que recrutou, Big Boss destrói o míssil nuclear de Gene. A morte de Gene deixa Big Boss com uma grande quantia em dinheiro. Fundos que serão usados para a criação de um Paraíso Militar.


Ainda em 1970, Big Boss participa da fundação da unidade FOXHOUND, para levar adiante a tradição da FOX.

Os Patriotas e Les Enfants Terribles

Depois que Zero obtém o Legado dos Filósofos, Big Boss é convidado para se unir a Sigint, Para-Medic e Ocelot na formação de uma nova organização, que mais tarde seria conhecida como Os Patriotas. Dedicada a alcançar unidade de pensamento e consciência mundial em honra aos últimos desejos de The Boss, a nova organização escolhe Big Boss como o ícone do grupo, por ele tê-la conhecido melhor que ninguém.


Nesse período, Big Boss participa de uma missão para resgatar EVA de Hanói em 1971, com ela se unindo à organização de Zero logo depois. Histórias sobre Big Boss, muitas delas exageradas ou inventadas, são disseminadas por Zero pelo mundo todo, elevando Snake ao patamar de ídolo, um símbolo para controlar pessoas. Tensões começam a surgir quando Zero passa a querer mais poder, enquanto Big Boss discorda de seu papel como fantoche.

Com medo de perder seu símbolo, Zero planeja a execução de um projeto secreto chamado Les Enfants Terribles, que usaria o DNA de Big Boss para criar soldados melhorados geneticamente. Os clones Solid Snake, Liquid Snake e Solidus Snake são produzidos pelo projeto e passam a ser conhecidos como Filhos de Big Boss. Outros herdeiros do legado de Big Boss incluem as dezenas de clones falhos produzidos no início do experimento, assim como seis fetos abortados durante o processo de criação de Liquid e Solid Snake. Big Boss acaba descobrindo sobre o projeto, que se torna a gota d’água para ele. Determinado a acabar com Zero e seus planos, Big Boss rompe com os Patriotas.

Big Boss deixa os Estados Unidos e a FOXHOUND e passa a viver de país em país como um soldado que trabalha sozinho. Durante esta época, ele luta ao lado de diversos grupos mercenários pelo mundo, completando mais de 70 missões.

Encontrando Kazuhira Miller

No final de 1972, Big Boss é contratado pelo governo da Colômbia para lutar ao lado do exército do país. É quando a unidade de Big Boss embosca um grupo de guerrilheiros e mata a todos, menos o líder deles, um homem chamado Kazuhira Miller. Big Boss pouco depois funda seu próprio grupo de mercenários, chamado Militaires Sans Frontières (Soldados Sem Fronteiras), ou MSF, e recruta Miller para ser seu segundo comandante.

Incidente do Peace Walker

Em 4 de novembro de 1974, Big Boss está na base da MSF em Barranquilla, na costa da Colômbia, quando é abordado por Ramón Gálvez Mena e Paz Ortega Andrade, ambos da Costa Rica, uma nação sem força militar. Desde a Crise dos Mísseis Cubanos, a América Latina se tornou ponto chave na manutenção do equilíbrio de poder entre Ocidente e Oriente. Apesar disso, uma força militar desconhecida tem se posicionado em várias regiões da Costa Rica afirmando se tratar de uma empresa de segurança particular contratada pela Agência de Desenvolvimento Costarriquenho. Gálvez duvida dessa afirmação e acredita que se trata de soldados da CIA.

Big Boss inicialmente se recusa a interferir na invasão por não querer que sua unidade se torne “cães de guerra”. Ele só concorda em ajudar quando Gálvez mostra uma gravação feita por uma amiga desaparecida de Paz em que a voz de The Boss pode ser ouvida. Big Boss aceita o contrato e recebe como pagamento de Gálvez uma base marítima que se torna a nova Base Mãe para a Militaires Sans Frontières.

Seis dias depois, para manter a paz no país, a MSF entra em ação. Big Boss e Miller rapidamente descobrem que a CIA está levando armas nucleares para a Costa Rica. No caminho para Nicarágua, Big Boss se disfarça como um ornitologista colombiano e ganha o apoio da Frente de Liberação Nacional Sandinista, grupo liderado por Amanda Valenciano Libre. Ela acaba sendo enviada para a Base Mãe depois de se ferir ao tentar salvar Chico, seu irmão mais novo.

Big Boss resgata Chico e segue para o Monte Irazu, onde as armas nucleares estão armazenadas. Lá ele encontra o tanque Pupa depois de ouvir uma discussão entre Huey Emmerich e Hot Coldman. Depois de saber sobre o Projeto Peace Walker, assim como sobre um laboratório de inteligência artificial em uma pirâmide maia, Big Boss recruta Huey para a MSF.

Pouco depois, ele ajuda Cécile Cosima Caminades, a amiga desaparecida de Paz, e descobre a perturbadora verdade: a voz que ouviu na gravação vem de uma inteligência artificial moldada pela imagem de The Boss e conhecida como Mammal Pod.

Big Boss encontra Strangelove, que o odeia, e destrói os tanques Chrysalis e Cocoon. Ele tenta deter Peace Walker ao chegar em Nicarágua, mas termina falhando. Boss segue Paz, que foi raptada por Coldman, e encontra o Peace Walker. Gálvez (cujo verdadeiro nome é Vladimir Zadornov) revela que estava usando Snake para que a União Soviética pudesse conquistar a América Central. Big Boss acaba tendo que impedir que o Peace Walker inicie uma guerra nuclear depois que Coldman ativa a seqüência de lançamento.

No fim de todo o caso, Snake decide passar a se identificar como Big Boss depois de saber que The Boss iria se aposentar, o que ele considerou como uma traição aos seus princípios de soldado. Ele retira a bandana de The Boss que usava na cabeça depois do sacrifício de Peace Walker. Big Boss, com a sugestão de Kaz, Huey e Strangelove, usa as partes restantes das armas com inteligência artificial para iniciar a criação do Metal Gear ZEKE.

Quando ZEKE está perto de ser concluído na Base Mãe, Big Boss descobre que existe um espião na MSF. Zadornov consegue fugir várias vezes durante o processo de produção do ZEKE e fala sobre o espião antes que Big Boss atire nele em auto defesa. Antes de poder pensar a respeito, Big Boss é informado que o ZEKE foi seqüestrado e corre para enfrentar o seqüestrador.

Para surpresa de todos, o seqüestrador de ZEKE é Paz (que na verdade é uma agente da Cipher chamada Pacifica Ocean). A missão foi planejada pela Cipher para ter Big Boss de volta ao seu lado. Depois que ele recusa, Paz ameaça lançar um ataque nuclear na Costa Leste dos Estados Unidos e culpar a MSF. Big Boss derrota ZEKE e apesar de Paz ter sido aparentemente morta, ele desconfia que ela sobreviveu. Miller admite que também trabalhava para a Cipher como um homem de negócios, mas Big Boss o perdoa. Eles viriam a serem conhecidos como os fundadores de Outer Heaven.

Snake e Miller encontram os diários de Paz deixados na Base Mãe. Fica claro que o compromisso com Cipher estava enfraquecendo, mas com o desaparecimento dela nada mais pode ser feito.

Incidente Ground Zeroes

Em fevereiro de 1975, Big Boss e Miller recebem uma solicitação da Agência Internacional de Energia Atômica para uma inspeção na Base Mãe. Mesmo com a justificativa oficial sendo o fato de eles terem adquirido combustível nuclear do Uzbequistão, os dois sabem que a verdade é que a Cipher arranjou isso como vingança pela derrota que sofreu. Big Boss sugere que eles recusem a inspeção ao alegar serem uma companhia privada e não um país sujeito às regras do Acordo de Não Proliferação Nuclear. Porém, Huey, o único membro da MSF que concorda com a inspeção, envia uma carta que diz aceitar, forçando Big Boss a permitir que a visita aconteça, sob a justificativa de que negar seria atrair muitas suspeitas. Em preparação, a MSF leva ZEKE para fora da Base Mãe e envia várias tropas em períodos de férias forçadas. Todos os civis, incluindo Cecile e com exceção de Huey, ganham passagens de volta para suas casas. Os membros remanescentes da Frente de Liberação Nacional Sandinista se encontram com Amanda, que está em Cuba. Big Boss também fica sabendo que Strangelove pediu dispensa da MSF e deixou a Base Mãe uma semana antes (ele estava em missão e por isso não ficou sabendo disso antes).

Dez dias depois, as suspeitas de que Paz sobreviveu se confirmam quando Big Boss recebe a informação de que ela foi encontrada à deriva no oceano por um pescador de Belize. A Cipher suspeita que Paz se tornou uma agente dupla e está a interrogando no Campo Omega, uma prisão de segurança máxima no sul de Cuba. Big Boss sugere matar Paz, pois ela sabe muito sobre a MSF, mas Kaz prefere que ela seja resgatada, pois é o único link conhecido com a Cipher. Eles decidem ir ao resgate mais tarde, pois a inspeção vai acontecer em breve. Infelizmente, depois que Chico se esconde em um navio de suprimentos que iria encontrar Amanda em Havana, ele também acaba capturado, forçando Big Boss e Miller a organizar uma operação solo de resgate depois que o menino confirma sua localização em um pedido de SOS. Big Boss se oferece para a missão, mesmo tendo que perder a inspeção.

Em 16 de março, 40 horas depois da última transmissão de Chico, Big Boss chega ao local ao escalar um penhasco. Durante a infiltração, as equipes de inspeção da ONU seguem para a Base Mãe, com Miller responsável por recebê-los. Ao se aproximar da cela de Chico, Miller entra em contato por rádio e informa que falou com Amanda sobre seu irmão e ouviu que ela estava pronta para o pior. Big Boss encontra Chico e é obrigado a sufocá-lo quando o menino entra em pânico ao vê-lo, impedindo que o barulho alerte os guardas. Ele carrega Chico até um helicóptero, pois seus tornozelos foram perfurados por parafusos.

Então Big Boss pergunta a Chico sobre Paz. Ele entrega uma fita com sons de Paz sendo torturada por várias pessoas e diz que ela está morta. Big Boss consegue encontrar Paz ao analisar melhor a gravação na fita. Ele a resgata viva, mas inconsciente, e a leva ao helicóptero. Logo depois de levantar vôo, uma cirurgia de emergência é feita para retirar uma bomba implantada no abdômen de Paz. Ao achar a bomba, Snake imediatamente atira o explosivo para fora do helicóptero.

O retorno à Base Mãe acontece no meio de um ataque das forças da XOF. Miller e Big Boss ajudam os soldados da MSF a fugir da base em helicópteros e escapam por pouco quando as estruturas desabam. Depois de dizer a Big Boss que a inspeção era uma farsa, Miller tenta interrogar Paz. Big Boss assiste a Paz se atirar do helicóptero antes de explodir, pois havia uma segunda bomba escondida em seu corpo. A explosão faz o helicóptero da MSF se chocar com um helicóptero da XOF que estava em perseguição.

Big Boss, Miller e o médico da MSF são levados a um hospital e tratados com emergência. Os três são salvos, mas Big Boss e o médico entram em um coma causado pelos ferimentos depois da queda do helicóptero.

Nove anos em coma

Assim que os dois Snakes ficam estáveis o suficiente para serem movidos, Zero e EVA levam Big Boss e Venom Snake para um hospital em Deceleia, no Chipre, para que fiquem escondidos, recebam tratamento médico e sejam acompanhados durante o coma. Zero controla informações para impedir que seus inimigos, em especial Skull Face e a XOF, os encontrem enquanto estão inconscientes.

Ocelot e Zero conversam e o primeiro se torna responsável pela segurança do hospital. Durante a conversa, Zero diz que criou um novo Snake, ao que Ocelot responde com raiva ao deduzir que se trata de um produto do Projeto Les Enfants Terribles. Zero explica que é o médico, que seria uma cópia mental de Big Boss. Ocelot, preocupado com o melhor para Big Boss, concorda com o plano.

Depois que Miller se recupera de seus ferimentos, ele descobre que Big Boss desapareceu. Ao contatar Zero, ele ouve que deve se manter afastado até Big Boss acordar de seu coma. Zero diz que a senha para avisar que Big Boss acordou será “V Já Chegou”. Sem Miller saber, Zero se referia a Venom Snake, que atuaria como o novo Big Boss, enquanto o verdadeiro desapareceria de vista.

Em 1976, Skull Face envia a Zero um broche que pertenceu a The Boss dizendo que encontrou o objeto em Tselinoyarsk e infecta o presente com parasitas de cordas vocais que contaminam Zero quando ele acidentalmente espeta o dedo no alfinete. Não contente em apenas matar Zero, Skull Face enviou uma forma dos parasitas que deixariam Zero em estado vegetativo até o fim de sua vida.

Em 1977, Zero visita Big Boss e Venom Snake, mas ignora o último na maior parte. Ele apenas se refere a Venom Snake ao perguntar ao médico qual deles era Big Boss e qual era o falso. Quando Zero pergunta se algum deles já acordou, o médico diz que os dois estão apenas com atividades mentais estáveis. Porém, os médicos movem seus músculos a cada quatro horas para que eles não fiquem atrofiados quando os pacientes acordarem. Zero diz que os dois ficarão no hospital até o fim do coma e que a localização é segura. Depois de falar com Big Boss sobre o dia em que o visitou no hospital depois da Missão Virtuose, Zero volta a se esconder para sempre.

Despertar

No início de 1984, Big Boss acorda enquanto Venom Snake segue em coma. Big Boss e Ocelot conversam. Ocelot explica que “eles” já sabem sobre o despertar e que o Homem em Chamas também acordou. Por isso, em breve eles teriam que acordar Venom Snake também. Quando Big Boss comenta que Snake parece acordado, Ocelot explica que ele ainda não está com a consciência ativa. Big Boss lembra que Snake era médico antes do acidente. Ocelot diz que aquele passado não existe mais. O passado de Big Boss agora é o passado de Venom Snake para que ele possa ser o fantasma de Big Boss e agir como o novo Big Boss. E isso não seria apenas para a Cipher, já que ele teria que ser o Big Boss para o mundo todo até que o verdadeiro Big Boss estivesse pronto para ressurgir. Ocelot explica que o estado alterado de consciência permitiu que fossem implantadas sugestões poderosas na mente de Venom Snake através de hipnose. Com isso, Venom Snake agora relembra de todas as missões, todo o conhecimento, todas as experiências de Big Boss. Tudo isso para que ele acredite realmente ser o verdadeiro Big Boss.

Ocelot diz que o resto vai depender das próprias habilidades de Venom Snake, mas Big Boss comenta que ele sempre foi um dos melhores homens que na MSF. Quando Big Boss se mostra relutante em deixar Snake assumir seu lugar, Ocelot relembra que foi Snake quem o protegeu da morte ao saltar na frente da explosão e que ao tomar seu lugar vai estar protegendo-o novamente. Ocelot diz que Venom Snake concordaria com isso. Ocelot também diz que ficará ao lado de Snake. Quando Big Boss pergunta se Ocelot conseguiria manter essa mentira, ele responde que vai passar por hipnose também para acreditar em tudo e sugere que Big Boss faça o mesmo.

Ocelot fala sobre o Les Enfants Terribles e brinca sobre não gostar de francês. Ocelot explica que o projeto foi abandonado em 1976 e mostra preocupação com Big Boss e seus filhos. Big Boss diz que eles não são seus filhos, mas apenas células que cresceram em laboratório. Ocelot responde dizendo que Zero e EVA não concordam, pois os consideram clones perfeitos. Ocelot explica que os dois foram criados livremente, com David nunca tendo deixado os Estados Unidos e Eli tendo desaparecido na África depois de viver na Inglaterra. Quando Ocelot pergunta o que fazer caso eles encontrem Eli, Big Boss diz que não tem nada a dizer, mas que ele deve ser tratado como um ser humano qualquer.

Big Boss ouve que os negócios de guerra que ele e Miller iniciaram nos anos 1970 influenciou diretamente a Cipher, que passou a direcionar a animosidade da população para fora do país, podendo usar os exércitos privados para manter o ciclo bélico. Um dia a guerra se tornaria apenas um mercado para manipular a população.

Sobre a localização de Zero, Ocelot diz que não tem nenhuma pista, nem sabe se ele continua vivo, mas que seus planos continuam em progresso. Ocelot compara Zero com o Big Brother por conta do controle da informação e diz que Big Boss é o Big Brother do campo de batalha. Porém, Zero acabaria tendo o controle de nações e passaria a controlar o futuro das pessoas no mundo todo. Um dia Big Boss e Ocelot teriam que combater a opressão criada por Zero.

Zero foi atacado, mas Ocelot diz que não sabe detalhes, apenas que uma arma biológica foi usada. Zero recebeu tratamento, mas ainda não mostrou nenhum progresso na recuperação. Desde o ataque a localização de Zero tornou-se desconhecida, com um blackout em Nova York servindo para encobrir o transporte e as informações. Enquanto a Inteligência Artificial usada pela Cipher deve ter as respostas, nem mesmo Skull Face, responsável pelo ataque a Zero, sabe sua localização.

Agora que Zero está muito doente para comandar a Cipher, Donald Anderson tomou o controle, com a Inteligência Artificial auxiliando. A idéia surgiu quando o Mammal Pod penetrou no sistema do NORAD em 1974 durante o Incidente do Peace Walker, mas a nova inteligência possui restrições e tem como propósito filtrar as informações repassadas ao povo para guiar suas ações. Eles chegaram a isso quando recrutaram Strangelove para a DARPA. O último desejo de Zero foi para que Big Boss permanecesse a salvo. E o novo projeto de Anderson se chama “Os Patriotas” e será usado para guiar a humanidade em um mundo unificado.


Incidente Phantom Pain

Venom Snake acorda em 26 de fevereiro de 1984. Em 11 de março, é hora de Big Boss agir. Disfarçado com bandagens no rosto, usando um olho de vidro e adotando o nome de Ishmael, Big Boss salva o recém acordado médico, agora chamado de Ahab, de uma assassina que é forçada a saltar pela janela depois de ser incendiada.

Quando Snake pergunta quem é Ishmael, ele responde que Snake está “falando consigo mesmo” e que o observou pelos últimos nove anos. As boas notícias são que ele está de volta à terra dos vivos. As más são que o mundo todo o quer morto. Depois que Ishmael aplica digoxin para ajudar Snake a se mover, os dois seguem para fugir do hospital.


Como o digoxin demora a fazer efeito, eles optam por seguir pelo elevador e encontram Tretij Rebenok e o Homem em Chamas, que desloca o braço de Snake. Ishmael o ajuda a colocar o membro no lugar e diz que na próxima vez ele terá que fazer isso sozinho. O hospital é invadido por soldados da XOF que querem matar Snake e atiram em médicos e pacientes indiscriminadamente. Ishmael salva Snake da morte várias vezes ao evitar o encontro com esses soldados. Ao se esconder entre corpos, eles são vistos por soldados da XOF, que se distraem com a chegada do Homem em Chamas e acabam mortos. Snake agora desloca o tornozelo, mas dessa vez coloca no lugar sozinho. Ishmael percebe a fraqueza do Homem em Chamas e atira nos extintores, o que faz o inimigo desaparecer. Ishmael entrega uma arma a Snake e os dois lutam juntos contra os soldados da XOF. Ao chegar no hall de entrada, os dois se separam quando Ishmael corre para distrair os soldados e ajudar Snake a escapar.

No lado de fora, Ishmael dirige uma ambulância que usa para atropelar o Homem em Chamas, salvar Snake e fugir do local em segurança. Ele escapa de soldados da XOF, mas acaba fica inconsciente ao tomar um tiro de um helicóptero. Venom Snake tenta pilotar a ambulância, mas acaba batendo ao se chocar com uma mureta. Ao se recuperar do acidente antes, Ishmael é tirado da ambulância por Ocelot, com Snake sendo deixado para trás.

Antes de partir para o Afeganistão com Venom Snake, Ocelot se encontra com Big Boss, que remove as bandagens, troca de roupa, recoloca o tapa olho e ganha uma motocicleta. Ocelot entrega um passaporte americano e pede que ele use outro nome e mude seu rosto. Ocelot informa que Venom Snake será Big Boss a partir de agora, com o verdadeiro Big Boss comentando que ele será seu fantasma.

Ocelot diz a Big Boss que tudo isso é necessário pois o mundo todo o quer morto. Ele garante que Venom Snake vai conseguir cumprir a missão e que ficará bem. Ele então diz a Big Boss para partir. Antes de se separar, os dois fumam um último cigarro juntos. Ocelot fica com o D-Horse e Big Boss promete que eles se encontrarão novamente. Big Boss então vai embora em uma moto para criar a sua própria nação militar: Outer Heaven.

Os planos de Big Boss depois da fuga do hospital são orquestrados por Ocelot, que guia Venom Snake para agir como o verdadeiro Big Boss. Ele utiliza Venom Snake para aumentar seu próprio mito, enquanto retorna à América para tomar o controle da FOXHOUND e estabelecer a verdadeira Outer Heaven na África do Sul, fora dos olhos do público.

Pouco depois de Venom Snake derrotar Skull Face e recobrar a memória, Big Boss lhe envia uma fita gravada, com a etiqueta “Do Homem que Vendeu o Mundo”, que contém a seguinte mensagem:

“Agora você se lembra? Quem você é? O que você deveria fazer? Eu enganei a morte graças a você. E graças a você eu deixei a minha marca. Você também, você escreveu sua própria história. Você é seu próprio chefe. Eu sou Big Boss e você também é. Não. Ele é nós dois. Onde nós chegamos hoje? Nós construímos isso. Essa história, essa lenda, é nossa. Nós podemos mudar o mundo, e com isso, mudar o futuro. Eu sou você e você sou eu. Leve isso com você, não importa aonde for. Obrigado, meu amigo. Daqui pra frente, você é Big Boss.

- Big Boss

Venom Snake mais tarde assume o comando da fortaleza Outer Heaven na África do Sul, enquanto Big Boss comanda a FOXHOUND. Sentindo que foi descartado, Kazuhira Miller, comandante da Diamond Dogs, decide ficar contra Big Boss depois de descobrir a verdade sobre a identidade de Venom Snake.

Carreira Final

Depois de acordar do seu coma, Big Boss aparece em inúmeros conflitos étnicos e territoriais ao redor do mundo. Durante a Guerra Civil do Moçambique, nos anos 1980, ele se reencontra no campo de batalha com Frank Jaeger (na época um soldado da RENAMO), ao resgatá-lo da prisão e da tortura. Big Boss então leva Jaeger e sua irmã adotiva, Naomi Hunter, para os Estados Unidos, onde os ajuda a levar uma vida normal. Big Boss e Jaeger acabam voltando à África para continuar a lutar, deixando Naomi na América.

Big Boss alcança um status quase mítico por conta de sua carreira militar extraordinária e pelos feitos de Venom Snake, ganhando fama como o “Soldado Lendário”. Ele é consagrado como um verdadeiro herói e ganha notoriedade em muitos países. Além disso, ele trabalha como instrutor de combate e ajuda a reintegrar ex crianças soldados na sociedade. Uma delas é a jovem Sniper Wolf, que ele resgata, educa e cria como soldada.

Em certo momento da Guerra do Golfo, informações genéticas retiradas do DNA de Big Boss são usadas em experimentos nos soldados envolvidos no conflito. Porém, muitos desses soldados acabam sofrendo efeitos colaterais (atribuídos à Síndrome da Guerra do Golfo) e seus descendentes nascem com deformidades físicas (os chamados Bebês da Guerra do Golfo).

No início dos anos 1990, ele retorna aos EUA para novamente assumir o comando da FOXHOUND, a unidade de forças especiais que fundou quase duas décadas antes. Enquanto comanda a FOXHOUND, ele secretamente constrói e expande sua companhia mercenária Outer Heaven até se tornar uma grande força militar, com Venom Snake atuando sob seu comando. Durante este período, ele é o responsável por estratégias selvagens e instintivas utilizadas pela FOXHOUND durante missões, que acabam sempre parecendo planejadas e sem cuidados com detalhes.


Por volta de 1995, David, um ex-boina-verde que lutou na Guerra do Golfo se junta à FOXHOUND. Sabendo que David é um de seus três clones, Big Boss lhe concede o codinome de Solid Snake. Big Boss ensina a Snake as técnicas do CQC e a importância da vontade para sobreviver no campo de batalha. Em algum momento, ele conta a Snake que é o seu pai.

Revolta de Outer Heaven

Em 1995, os EUA descobrem o desenvolvimento de um Metal Gear em Outer Heaven. Big Boss envia a FOXHOUND para se infiltrar na nação fortificada e destruir a arma antes de qualquer um, garantindo assim mais tempo para que Venom Snake termine o TX-55.

Big Boss primeiro envia Gray Fox. Quando Fox é capturado, Big Boss explica a situação a Solid Snake, o menos experiente membro do FOXHOUND (mas o mais capacitado por conta de sua engenharia genética). Ele o envia em uma missão chamada de Operação Infiltração N313 para resgatar Fox e destruir o Metal Gear, enquanto informa Venom Snake sobre a movimentação.

Porém, Solid Snake demonstra habilidades além do esperado por Big Boss e Venom Snake. Isso faz com que Big Boss alimente Snake com informações falsas e até peça para ele abortar a missão. Mas Solid Snake desobedece as ordens, se infiltra em Outer Heaven e destrói o Metal Gear. TX-55.

Logo depois, Venom Snake confronta Solid Snake pessoalmente e diz ser Big Boss. Depois de ativar a autodestruição da base, Solid Snake enfrenta o fantasma de Big Boss e acaba saindo vencedor. Para manter a crença de que foi morto em Outer Heaven, o verdadeiro Big Boss deixa a FOXHOUND para sempre.

Com seu fantasma e melhor homem morto, Outer Heaven destruída e os planos arruinados, Big Boss se esconde com a intenção de reconstruir o que começou, reerguer sua nação militar e concretizar sua visão.

Depois do bombardeio da OTAN à área de Outer Heaven, Big Boss resgata vários sobreviventes, incluindo refugiados, órfãos e até membros da resistência. Porém, ele só toma essa atitude para usar as pessoas resgatadas no campo de batalha. Ele parte com os sobreviventes para a Ásia Central.

Perturbação de Zanzibar

Em 1997, Big Boss e seus seguidores participam da Guerra dos Mercenários, ganhando a independência de uma pequena nação na fronteira com a Rússia, o Paquistão, a China e o Afeganistão. A província de Zanzibar, uma antiga região autônoma da União Soviética, se torna o país Zanzibar, com Big Boss como presidente. Recrutando órfãos de guerra do Terceiro Mundo e os criando como soldados, Big Boss espera formar uma nação de soldados e para soldados, onde eles serão respeitados e não tratados como ferramentas políticas. Várias crianças de Zanzibar passam a ver Big Boss como uma figura paterna. Big Boss recruta Gray Fox para seu lado e, para garantir o sucesso de Zanzibar, mais uma vez inicia a criação de um Metal Gear: o Metal Gear D. Dessa vez, o Dr Madnar desenvolve o novo modelo de Metal Gear por vontade própria, depois de ser considerado um louco nos EUA. Os rumores apontam que Dr Madnar também construiu implantes robóticos para Big Boss, para substituir os membros perdidos em Outer Heaven.

Em dezembro de 1999, Big Boss é obrigado a lidar com o ex-agente da FOXHOUND Solid Snake, enviado para se infiltrar em Zanzibar. Mercenários de elite são enviados para eliminar o intruso, mas são todos derrotados por Snake. Em reconhecimento ao seu profissionalismo, um quase morto Black Ninja informa Snake do paradeiro do Dr Kio Marv, dizendo que o líder de Zanzibar iria querer que fosse assim. Depois que a agente da CIA Holly White é capturada pelas forças de Zanzibar, Big Boss, sabendo que Snake iria tentar resgatá-la, coloca uma criança perto da cela para informar qualquer atividade.

Apesar dos esforços de Big Boss, o Metal Gear D acaba destruído e seu mais leal tenente, Gray Fox, é derrotado em combate por Snake. Big Boss então enfrenta Snake pessoalmente em uma base subterrânea, apelando para que o guerreiro interior do adversário entenda o mundo de estado de guerra permanente que estava tentando criar. Tendo passado sua vida toda no campo de batalha, Big Boss não consegue imaginar um mundo sem guerra, nem vendo os melhores soldados sendo agora peso morto depois de retirados da luta. Depois que Snake declara ser contrário, Big Boss diz suas última palavras a seu antigo pupilo, depois de desafiá-lo para uma luta:

Não importa quem vencer, nossa batalha não vai terminar. O perdedor está livre do campo de batalha, mas o vencedor terá que permanecer lutando e viver a vida como uma guerreiro até o último de seus dias”. -Big Boss para Solid Snake em Zanzibar.

Big Boss tenta atirar em Snake, mas acaba derrotado por um lança-chamas improvisado ao subestimar seu oponente desarmado. Big Boss grita o nome de Snake enquanto é consumido pelas chamas, incapaz de desistir de lutar, até que finalmente sucumbe aos ferimentos e é deixado morto por Snake.


Depois da “Morte”

Pouco depois de sua derrota em Zanzibar, o corpo de Big Boss é recuperado pelos Patriotas. Apesar dos graves ferimentos, ele ainda está vivo. Os Patriotas o injetam nanomáquinas para induzir um coma artificial, o preservando como um ícone da organização. O genoma de Big Boss então é mapeado para encontrar os chamados “genes de soldado” que são implantados nos soldados das Forças Especiais da Nova Geração. O corpo de Big Boss é preservado em congelamento.

Em fevereiro de 2005, o corpo de Big Boss é uma das exigências de uma unidade rebelde da FOXHOUND que inicia uma revolta na Ilha de Shadow Moses sob o comando de Liquid Snake. Liquid planeja usar o DNA de Big Boss para curar as mutações genéticas dos Soldados Genoma e então recriar o sonho de Outer Heaven com a ameaça nuclear do Metal Gear REX roubado. Ao fazer isso, Liquid espera superar seu pai, por quem sustenta um intenso ódio. A suposta morte de Big Boss também motiva Naomi Hunter a se vingar de Solid Snake ao torná-lo um alvo do vírus FOXDIE, mas apenas o genoma de Liquid identifica a arma biológica, o que causa sua morte.

Antes de 2014, o DNA de Big Boss e sua informação biométrica são usados pelos Patriotas como sistema de identificação, permitindo o acesso à rede de Inteligência Artificial. Os Patriotas também tornam públicos documentos sobre as ações de Big Boss nos anos 1960, o que contribui para o ressurgimento de sua popularidade, com muitos soldados voltando a adotar as técnicas do CQC.

Dados relacionados à localização do corpo em coma de Big Boss são armazenados na Inteligência Artificia dos Patriotas, a GW. Essas informações caem nas mãos de Raiden através do Exército Paraíso Perdido, liderado por EVA, agora conhecida como Big Mama. Usando partes dos corpos de Liquid e Solidus Snake, EVA consegue reconstruir o corpo de Big Boss e até recuperar sua aparência, mas ele segue em coma por conta das nanomáquinas dos Patriotas.

Incidente Armas dos Patriotas

Em 2014, uma lápide em homenagem à Big Boss é erguida no Cemitério Nacional de Arlington. Colocado ao lado do túmulo de The Boss, se lê: “Um Herói Sempre Fiel às Chamas da Guerra, Descansa em um Outro Paraíso. 193X-1999”.

Devido ao seu genoma idêntico ao de Big Boss, os restos de Solidus Snake são usados como isca para enganar tanto os Patriotas como Liquid Ocelot. Antes da destruição de GW, Liquid Ocelot invadiu o sistema dos Patriotas, teve acesso à Inteligência Artificial JD e descobriu a localização de Zero. Depois que o vírus FOXALIVE foi implantado no GW, o sistema de controle dos Patriotas foi destruído, permitindo que Big Boss acordasse de seu coma. Agora totalmente recuperado, ele parte em busca de Zero.

Big Boss descobre que seu antigo amigo agora está em estado vegetativo, dependente de suporte de vida e preso a uma cadeira de rodas. Boss leva Zero ao Cemitério Nacional de Arlington, no local onde fica o túmulo de The Boss. Big Boss testemunha a tentativa de suicídio de seu filho Solid Snake e se manifesta quando ele hesita. Big Boss se revela a um assustado Snake e o desarma com CQC quando ele tenta sacar uma arma. Ao lhe dar um abraço paternal, Big Boss diz que não sente mais raiva entre os dois. Ele explica sua ressurreição e a verdade por trás de Liquid Ocelot.

Contando toda a história dos Patriotas, Big Boss explica a briga entre ele e Zero para Snake. Big Boss diz que, apesar dos problemas entre ele e Zero, tudo que ele sente agora é uma profunda pena. Ele imagina se Zero o odiava ou o temia. Big Boss retira o sistema de ar de Zero, finalmente o matando e terminando seu confronto. Big Boss passa a sentir os efeitos do novo vírus FOXDIE que foi injetado em Snake. Sentindo dores, ele pede que Snake o leve até o túmulo de The Boss. No caminho, ele conta que o antigo FOXDIE que sofreu mutação não vai causar uma epidemia pois foi substituído pelo novo vírus. No túmulo de The Boss, ele diz que desde que a matou, ele já estava morto. Ele reflete sobre o sonho de The Boss, finalmente entendendo depois de tantos anos. Ele se levante e a saúda, imitando seu próprio gesto depois de 50 anos.


Dividindo com Snake um último charuto, Big Boss finalmente faz as pazes com seu único filho ainda vivo. Como último desejo, ele pede que Snake viva seus dias em paz e não os gaste com guerras. Momentos depois, Big Boss morre em cima do túmulo da mulher cuja vida e morte o tornaram a pessoa que ele foi.

“Isso é bom… Não é?”
- As últimas palavras de Big Boss

Codinomes e Pseudônimos

O antigo codinome de Big Boss, Naked Snake, é uma referência à política de procura de mantimentos no local da missão da FOX e também à natureza camuflada das serpentes. Também é uma homenagem à Unidade Cobra, que foi fundada e liderada por sua mentora, The Boss. Durante o Incidente de São Jerônimo e o Incidente do Peace Walker, vários dos companheiros de Big Boss brincam com o Naked presente no codinome, dizendo que ele ficou pelado durante a missão. Apesar de não ser um codinome oficial ou um pseudônimo, ele é chamado de Filho de The Boss pelo Coronel Volgin durante a luta no hangar em Groznyj Grad em referência ao fato de ser o último pupilo de The Boss.

O título de Big Boss é dado a Snake depois da Operação Snake Eater, por ser considerado acima até de The Boss, depois que ele derrota a antiga soldada lendária. Porém, Snake não gosta do título por não considerar que superou The Boss e não usa o codinome até 1974. Mesmo assim, vários de seus subordinados já o chamavam de Boss antes disso, ou de outras variações como Vic Boss (Boss da Vitória). Big Boss divide seu principal título com Venom Snake depois que este acorda de seu coma.

Em 1984, Big Boss também é chamado de Ishmael, que é o nome do protagonista e narrador do livro Moby Dick.

Sniper Wolf se refere a Big Boss como Saladin, em referência a figura proeminente da cultura curda que liderou os muçulmanos contra os cristãos durante as Cruzadas.

Personalidade e traços

Big Boss tinha um desejo nato por conflito, principalmente porque isso foi a única coisa que ele realmente conheceu, tendo sido exposto ao combate desde muito jovem. Big Boss geralmente via as coisas de uma perspectiva militar como usar belezas naturais para plantar armadilhas. Ele se identificava com outras nações, como a França, por conta de suas forças armadas e seu hino nacional. Porém, ele tinha respeito por pessoas que acreditavam na paz. Mesmo com a sua visão de Outer Heaven considerando criar um mundo onde soldados sempre tivesse utilidade, ele não tinha nada contra quem queria paz, como indicam suas interações positivas com os objetivos alegados por Paz.

Ele também em algumas ocasiões perdoou amigos e inimigos, como ao desculpar Kazuhira Miller pelo envolvimento com a Cipher, ou ao perdoar Revolver Ocelot por ter cegado seu olho direito. Porém, ele estava disposto a matar Paz para que ela não falasse nada quando foi capturada pela Cipher.

Páginas na categoria "Big Boss"

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória